Distante... · Miles away...


Advertisement
Published: March 3rd 2015
Edit Blog Post

Hoje é um daqueles dias. Olho em volta aqui no trabalho e me vejo soterrada em papéis e uma xícara de café já frio. O telefone - que não tocou hoje - dá a falsa impressão de calma e tranquilidade. Mas é um tudo um engano, já que o aparelho não tocou hoje por estar quebrado e há muitas, muitas coisas a fazer.

Sim, eu devia estar escrevendo as matérias para a próxima edição do boletim informativo, eu devia estar ligando para a fulana para saber sobre as contrações do nosso banco de empregos, devia estar cadastrando os currículos no sistema, devia estar traduzindo um texto para inglês, mas paaaaaaaaaaaaara tudo. Preciso me concentrar em não fazer absolutamente nada, dar um relax pra essa máquina pensadora chamada cérebro.

Então, por alguns poucos minutos decolei nos meus planos (e nos não-planos também)... Comecei em Cardiff, que é o ponto de partida, digamos. Sim, eu vou para Dublin, mas só vou dormir lá. No dia seguinte já parto para o Reino Unido.

Cardiff, por que Cardiff? Descobri que há um lugar chamado The Doctor Who Experience em Cardiff Bay e como atualmente o Doutor é meu companheiro... Ou eu sou a companheira dele.. Ah droga, viu? Netflix é uma droga para os viciados, sinceramente! De lá, parto para minha linda Londres. Várias baladinhas combinadas com a Leticia, minha querida anfitriã na capital inglesa. Tem algumas coisas que eu quero fazer lá além de beber, obviamente, coisas que não tive tempo para fazer na primeira vez, tipo passear de barco no Tâmisa, ir na Harrods (só pra olhar mesmo), passar na frente do antigo prédio da Apple na Savile Row, onde rolou o rooftop concert dos Beatles e outras coisas que anotei mas não tenho aqui. Também to com muita vontade de fazer umas Day trips pra Bath e Stratford Upon Avon, se a verba permitir. Andar de busão entre cidades lá é infinitamente mais barato do que ir aqui do trabalho até em casa (de ônibus executivo), acreditam? Pois é...

Lá para o norte, só tenho quatro certezas absolutas.


• Vou a Manchester
• Vou a Liverpool
• Vou encontrar a Sarah (e conhecer o Evan!)
• Vou me divertir bastaaaaaaante


Deixei essa parte a cargo do meu guia turístico de plantão. Como ele disse “ter algumas ideias” mas prefere manter em segredo, vou deixar assim. Apesar de eu ser ansiosa e curiosa, acho que essa parte está em boas mãos. Não tenho com o que me preocupar.

Irlanda... Prólogo e Epílogo da minha aventura, o começo e o fim.

Tinha pensado em começar por lá, como acho que já postei antes, mas resolvi me rearranjar para poder encontrar uma amiga da faculdade que há muito não vejo.

O telefone - enfim - toca e me traz de volta à realidade. Uma realidade cheia de papeis sob a mesa, a xícara de café já vazia e a cabecinha um pouco mais tranquila. Faz bem dar uma “viajada” antes da viagem de fato, antes que o cotidiano me engula.



--------------------------------------





Today is one of those days. The phone hasn’t rung all day, which gives me this false sense of peace and quiet. This is far from peace and quiet... I look around and think I might drown in the sea of papers around me. At least there’s coffee...

Yes, I should be writing the pieces for our newspaper, I should be calling WhatsHerName to know about some hirings, I should be helping people here at work adding resumes to the job bank system (if that’s what it’s called...) , I should be translating a text from portuguese to english (one of my many extras this month), yet, I can’t seem to do any of it now. I need a break.

So, for a few minutes I’ll allow myself to travel a little bit. Think about my plans and my no-plans. Starting in Cardiff.

Why Cardiff? Well... I found out there’s an attraction there named The Doctor Who Experience in Cardiff Bay and since The Doctor is my companion.. Or I am his companion.. OHFORTHELOVEOFGOD! Anyway, damn you, Netflix! It’s like giving drugs to a junkie.

Anyway, from Cardiff, off to my lovely London. Have a few nightclubs planned with Leticia, loads of beer to drink... And there are plenty of things I will do in there, other than drinking my arse off, like going to Greenwich, Harrods (just look at it, really), Hyde Park and many places I haven’t been the last time. Might do Bath and Stratford Upon Avon as well, it depends on how much pounds I’m gonna buy before going up.

And there’s the great North. Which is still a question mark... Four things I absolutely know for sure: I will go to Manchester. I will go to Liverpool. I will see Sarah (and meet little Evan). I will have loads of fun. The route is being planned by my personal tour guide (oooh how fancy am I?) who said it will keep it as a surprise, so... That part of my trip is in good hands, nothing to worry about. Or should I? ;-)

As for Ireland... Prologue and Epilogue of this adventure. The beginning and the end.

I changed the plans a little bit regarding Ireland. I was going to start in Dublin (I’ll only spend the night when I arrive), but decided to do it at the end, so I could meet up an old uni friend.

The phone rang at last and it brought me back to reality. The pile of paper is still there, looking at me, defying me and the coffee mug, empty. But now, I feel more relaxed... So good to “travel” a bit, otherwise, reality would swallow me whole.

Advertisement



Tot: 0.993s; Tpl: 0.059s; cc: 9; qc: 51; dbt: 0.0251s; 1; m:saturn w:www (104.131.125.221); sld: 2; ; mem: 1.3mb